Saber morrer

2 de agosto de 2019

Foto: BBC Future

O tempo que a nossa vida leva é muito pouco e demora o que basta. Apenas para acabar. E é muito demorado para saber de onde viemos. Nem sei porque digo isso.

◄ Postagens | ◄ Temas | ◄ Pessoal

Nunca me ocorreu. Apenas acontecemos. Mas saber que vamos morrer? É demais. Me contento em não saber quando esse dia vai acontecer. Se acaso eu souber, não vou perdoar. Não vou deixar pedra sobre pedra. Vou cometer todos os crimes que me ensinaram a não cometer. Vou orar para o capeta e votar em amebas.

Vou xingar pobres e esfomeados. Chutar cachorro morto, bola murcha, balde. Cuspir no esgoto. Matar passarinho. Sei lá. Vou ser sim, tudo o que nunca pude ser do jeito que me foi ensinado. E esse tal de nunca, nunca existiu. Assim como o sempre.

Acho até normal morrer. Não? Isso de saber quando. Só pode ser coisa de médico. Igual a mecânico, acha defeito em tudo. Vai que seja. O que é estar vivo? Saber que um dia vai morrer? Mas o que é morrer? Deixar de existir? Desaparecer? Dormir em paz?

Não tenho resposta. Vou morrer feito peste. Sequer rezem por mim. Morrer é a única coisa que sabemos fazer, tão logo nascemos. Melhor assim, ficar sem saber.

(Desculpem o mau humor.)


Comments are closed.